Arquivo | maio, 2011

23 de maio de 2011, segunda-feira. Adorei o pão de queijo e as pessoas lindas de BH!

23 maio

Tão especial autografar em Belo Horizonte. Vocês foram demais demais comigo! Obrigada!

(Esse texto foi escritor enquanto eu estava nas alturas, no sentido figurado e real…)

Estou no avião de volta, depois de um evento lindo em BH. Minha vida mudou. Não sei se mudou tanto em questões burocráticas sobre poder isso ou poder aquilo, mas sobre sentimentos mais doces, percepções… Alguns dias, eu volto no tempo, me vejo sentada em frente ao computador, olhando a tela em branco do micro, pensando nas primeiras escritas do meu primeiro livro (Fernanda Vogel na Passarela da Vida), sem identificar naquele instante o começo de uma nova vida, me modificando de dentro para fora, aprendendo um monte de coisas sobre livros, sobre viver, sobre ser e realizar meus sonhos até que eles fossem fortes para me ajudar a realizá-los. É como um ciclo: eu penso nos meus sonhos; meus sonhos já são fortes para não me fazer desistir e seguir sem medo, me realizando imensamente.

Não sei se algum dia imaginei livros me levando para conhecer tantas cidades queridas. Sexta passada, fui conhecer Belo Horizonte. O evento foi lindo! Primeiro, as viagens ajudam ainda mais a fortalecer meu grupo Novas Letras (@novasletras). Foi bom demais poder encontrar o Enderson Rafael, a Fernanda França e Leila Rego. Ali começava uma das maiores correrias já vividas pelo Novas Letras. Chegamos no hotel depois de um trânsito louco, um engarrafamento por causa de uma batida envolvendo cinco carros, na estrada do aeroporto de Confins.

Chegamos no hotel e em uma hora todos estavam prontos no hall. Chegamos na livraria com horário folgado para realização de mais um encontro especialíssimo. Logo na entrada da livraria, encontramos a Paola (@paolajornalismo) que já “conheço” do Twitter e sempre foi muito querida comigo. Foi como encontrar alguém já conhecido de muito tempo. Curioso essa intimidade que a internet é responsável, né? Ao vivo, a Paola é tão querida quanto nos tweets e nos recebeu como boa mineira, querendo saber como estávamos, fazendo perguntas e sendo muito querida.

Luiza, gerente da livraria Fnac do BH Shopping, também nos recebeu de maneira maravilhosa, dizendo: “Nossa… Como vocês são lindos!” A maneira como fomos tratados foi muito bacana. Comi o famoso pão de queijo mineiro que Luiza fez questão de nos oferecer. O gosto é delicioso e muitooooo diferente do pão de queijo que eu compro nos supermercados aqui do Rio de Janeiro… rs

A área da nossa apresentação estava vazia, nessas horas meu coração bate forte, será que os leitores vão aparecer? Para nossa felicidade, as pessoas foram chegando, com sorriso no rosto e de repente estávamos rodeados de leitores atentos. Não posso deixar de comentar minha alegria com a presença das blogueiras queridas que acompanham o trabalho do Novas Letras, seguem no Twitter, conversam, divulgam nossos livros, são super parceiras e marcam uma presença especial nas nossas vidas resenhando livros, divulgando nosso trabalho e participando diretamente dos nossos momentos. Vejo blogueiras vibrando por conquistas minhas, como se fossem com elas. Como esquecer esse carinho?

O assunto desse evento girou em torno das capas de livros, distribuição dos exemplares e as nossas relações com a editora. Acho que cada evento, acabamos centralizando mais em alguns temas. Percebi na platéia, além das pessoas queridas que nos acompanham, pessoas da livraria chegando, gostando e ficando. Olhares atentos. Dou pulos de alegria dentro de mim com a animação das pessoas durante nossa apresentação. Sorrisos tão sinceros. Algumas vezes, consigo perceber o envolvimento direto com o nosso trabalho, a gentileza de nos apoiar e tentar nos passar a mensagem de admiração com o nossa atuação e a busca pela valorização da Literatura Nacional. Confesso, sou muito realizada de ter escolhido um caminho do bem, que atrai pessoas e tem uma missão maior que vai além do meu trabalho individual. Então, apesar do holofote em cima de nós, a iluminação está direcionada para a literatura e vivam os livros no Brasil!

Perguntas, microfone correndo pela platéia, o tempo passou rápido e já era hora do sorteio. Tínhamos brindes fofos e acho o máximo a vibração das pessoas, quando ganham nossas lembranças. No final do evento, descemos do palco, era hora de fotos, entrega de brindes e autógrafos… Adorei um monte de gente querida levando Sou Toda Errada para casa. Minha maleta rosa foi cheia de brindes e voltou vazia. Que bom que vocês curtem minhas lembranças!

Meu enorme obrigada para cada blogueira querida. A Cinthia (@Ci_FotoseLivros)  nos olhava com tanto carinhooo e me pediu um autógrafo com tanta alegria… Já tem post no blog dela: http://fotoselivros.blogspot.com/2011/05/novas-letras-novasletras-em-bh-eu-fui.html A Nanda (@nandaassisbh) foi a responsável por me fazer chorar no evento. Sim, paguei um miquinho… rs  A Nanda pediu o microfone, nos presenteou com doce de leite, depois pediu que todos cantassem parabéns pelo 1 Ano de Novas Letras. Não agüentei e chorei. Tantos pensamentos, o sorriso das pessoas, aquele carinho, desabei. Claro, todos do grupo ficaram emocionados com esse carinho. A Nanda falou do evento aqui: http://www.viagemliteraria.com.br/2011/05/viaje-comigo-4.html Tobby é o nome do auau garoto propaganda que está com meu livrinho. Adorei! E a Paola (@paolajornalismo), que nos recebeu cheia de carinho no começo do evento, também fez um desses posts de encantar o coração: http://plantaoonline.blogspot.com/2011/05/evento-novas-letras-em-bh.html

Outras pessoas inesquecíveis estiveram comigo. Como esquecer o jeito doce da Marcielle, me olhando com curiosidade e chegando devargazinho? Lindinha demais! A Luma (@lumacoimbra) veio cheio de energia, dizendo que queria me bater. Ahahahha… Minha personagem Mila me apronta cada uma. E super fofa, a Luma animada disse: “Tammy, que final é esse do seu livro?” Não é culpa minha, Luma, reclama com a Mila. Depois conheci o Rafael (@rafaelxfx) que disse ter adorado meu jeito. Rafa, muito obrigadaaaaa! Espero que goste de Sou Toda Errada. Também adorei te conhecer.  Quem também compareceu foi a Laila (@ribeirolaila) que eu conheci na Feira do Livro de Porto Alegre e tive a alegria de rever em BH. O amor pelo livro e seus reencontros. Laila, adorei te reencontrar, você é sempre muito querida comigo.  Outra pessoa especial foi a @Luciaracs, lindona, que veio super simpática, pedindo para tirar foto comigo. Clarooo!!! Um beijo também para a Débora, não sei o Twitter (agora sei! @Deh_Luiiza)  mas adorei autografar meu livro para você. (Se esqueci alguém pode berrar que eu vou incluir aqui. Minha memória não é 100% segura… rs)

Espero que todos tenham se sentidos acarinhados no evento. Adorei conhecer tanta gente querida, sorrir uma noite tão linda e agradável.

Foi mais um momento lindoooooooooooo…

Durante esse vôo, uma garota sentou do meu lado. Apesar de parecer pouca idade, percebi imediatamente seu amadurecimento no jeito de falar. Curiosamente, ela estava abrindo um livro da Meg Cabot, ainda envolvido por um plástico. Sorri e perguntei: Você gosta de ler? Ela, meio desconfiada com a minha pergunta óbvia, me disse que sim, se sentia vivendo em outros lugares, outros mundos. Adorei a resposta, claro e comentei com ela minha felicidade em saber disso. “E daí?” foi a cara da menina. Rs Expliquei ser escritora. Ela não demonstrou muito interesse. Mostrei a agenda ganha da Pripri (@pribeletato) com meu livro na capa e disse toda animada: Esse aqui é o meu terceiro livro. Você tem um resumo dele? Disse que não. Tinha o livro da Leiloca (@leilarego) na bolsa. Mostrei o livro, disse ser da minha amiga, ela pegou Pobre não tem sorte, leu e me devolveu com um “legal” mais animadinho. Abri a bolsa, dei um boton para a ela e um menino ao lado dela, que tinha carinha de seu primo. Ela agradeceu com um “ah tá”. Pronto. Já tinha realizado minha missão de papear sobre literatura… A menina pareceu agradecer que eu estava parando de pertubá-la e imediatamente pegou o livro “Quando cai o raio” da Meg. Ou seja, a escritora aqui tava enchendo o saco da menina que queria ler. 🙂

Quero mandar beijo também para a Anna C. que me mandou o seguinte recado no Skoob: “AAAAH, MEU DEUS, VOCÊ ESCREVE MUUUUUUUUITO BEM! Emprestei o livro pra um monte de amigas minhas.. e elas anotaram um mooonte de frases! adoreei (:” Obrigada, Anna. É esse carinho que me faz continuar todos os dias.

Outro recado querido foi da JaneJC (@JaneJC) aqui no Blog: “Deve ser fascinante viver esses momentos! Escrever um livro e ver tanta gente gostando,lendo,divulgando…Feliz de quem participa destes eventos,seja como leitor ou como autor.A leitura é um tesouro que,espero,um dia todos irão valorizar. E sonho com o dia em que os autores de livros aqui do Brasil serão mais célebres que as celebridades instantâneas,e em vez de termos jornais e TVs divulgando quem passou o fim de semana em que praia, teremos resenhas, vídeos, entrevistas, etc, com autores e mais autores! E que você esteja entre eles,óbvio!!! Bjs” Jane, eu também espero por esse dia. Meu enorme obrigada pelos comentários aqui no Blog. Leio tudo, fofos, fofos!

Encerro com beijo especial p/ @danafortal, @MilenaCherubim, @RaphaBlog, @anabergamasco, @diih_one23, @nicecrsantos, @mixliterario e @juniorfrannco Valeu pelo carinho no Twitter.

Com amor. Tammy

12 de maio de 2011, quinta-feira. Passos na Flipoços…

16 maio

Euzinha na Flipocos - Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas! Olha minha cara de feliz!!!

 Quando saí de casa para participar da Feira de Poços de Caldas, eu estava cheia de pensamentos. Não conhecia a cidade de Poços, não tinha ideia da Feira, e mesmo com as indicações positivas da Fernanda França, minha amiga do Novas Letras, que esteve no evento ano passado, eu não podia imaginar que ia ser um momento tão simpático. Sim, simpático, porque aconteceu tanto encontro, tanta comemoração, tanta alegria no ar. cheguei em casa, querendo voltar em 2012!

Saí do Rio e cheguei em São Paulo onde o Enderson Rafael (@endersonrafael) e a linda Verônica me pegaram. Fomos juntos de carro para Poços. Como agradecer esse apoio? Tem pessoas que fazem você sentir tão especial, mas tão especial. A viagem foi agradabilíssimaaaaaaa. Conversamos, rimos muito, falamos das nossas expectativas especiais com nossos livros, carreiras, nosso Novas Letras… A Vê deve ter ficado com a orelha cansada de tanto escutar falar de livros. Vê, querida, como agradecer seu lado fotógrafa, me ajudando a registrar meus momentos? Obrigada! 🙂

Chegamos na cidade, corremos no hotel e fomos conhecer o Cristo Redentor que fica no cume do Morro do Cristo Redentor. Foi inaugurado no ano de 1958 e tem, segundo me informei, 16 metros de altura. O lugar é lindo, vi a Cidade inteira, com um sol lindo colaborando para a beleza do momento. Tiramos umas fotos lindas. De lá, fomos para a Pedra Balão que é um monumento natural, com uma pedra em cima da outra, localizado na Serra de São Domingos, pertinho do Cristo Redentor. Tirei uma foto lá no alto da pedra, de braços abertos para comemorar meu momento em Poços.

Depois desse passeio pela cidade, fomos para a Feira do Livro, a querida Flipoços (@flipocos)! Ai, ai… Nunca vou me acostumar com aquela quantidade linda de livros, com a mistura de tanta gente pensando literatura e com a combinação de estandes, sorrisos, passos e a comemoração da leitura. Imediatamente pensei: Valeu ter vindo do Rio de Janeiro, valeu estar aqui… Eu e o Enderson Rafael fomos procurar a administração da Feira para nos apresentar. Falamos com o Benedito que estava de microfone na mão, divulgando livros. Ele nos levou no balcão de atendimento da Feira. Na revista do evento, lá estavamos nós, eu, Enderson Rafael, Fernanda França, Leila Rego sendo anunciados como atração no dia seguinte. Combinamos os detalhes para nossa apresentação, com uma coordenadora do evento (Ende, você lembra o nome dela?) e saímos para jantar.

O jantar foi uma espécie de comemoração. Eu comi um maravilhoso fetuccini, bem acompanhada de um dos casais mais fofos desse mundo, Ende e Vê. Duplinha querida demais. Depois de um ótimo papo, risadas, corremos para o hotel. O dia seguinte ia ser maravilhoso, mas bemmmmmmmmmmmmm longo.

Acordamos cedo e mesmo com vontade de conhecer mais de Poços de Caldas, nosso destino era a Feira do Livro da cidade.Chegamos e em poucos minutos eu e Enderson Rafael estávamos autografando perto da entrada da Hora de Prosa.

Começam aqui nossas horas mais especiais na cidade mineira.

O bacana das Feiras é a cara dos leitores quando passam pelos estandes. Olham com um misto de curiosidade, de “será que ela é legal?” e fazem perguntas super inteligentes. Impossível esquecer as pessoas queridas que vieram falar com a gente. Foi lindo e fofo conhecer a Nia (@Niasilva). Como não se render àquela menina sorridente que chegou chegando, já parecendo me conhecer há anos? A Nia é fã do Novas Letras e correu no horário do almoço para pegar seu autógrafo. Obrigada pelo carinho, pelo sorriso e pela recepção!

Depois, como não valorizar quatro meninas lindas que chegaram perto de mim e pediram autógrafo para as quatro? Elas fizeram uma vaquinha para comprar meu livro. Achei fofo! Então, beijo para as lindinhas Gabriela, Jaqueline, Mariana e Ianka. Não vou esquecer vocês, meninas!

Outro momento especial foi com o seu Oswaldo, um senhor de 82 anos, que já chegou no estande, contando do seu sonho de ser escritor. Abandonou a medicina porque queria ser feliz nos livros. Emocionado, nos mostrou um conto escrito por ele, comprou “Todas As Estrelas do Céu” do Enderson e me fez lembrar que o homem deve ter sempre sonhos para realizar, não importa a idade e o tamanho desse sonho.Vou torcer para o seu Oswaldo publicar seu livro.

A Fernanda França e a Leila Rego chegaram animadas para nossa apresentação. Confesso que meu coração bateu forte, quando chegou a hora de subir no palco. Eu, Enderson, Fernanda e Leila encontramos uma platéia atenta. Fizemos um evento diferente, em pé, e inicialmente cada integrante fez perguntas para outro integrante. Em pouquíssimos minutos, a platéia estava em silêncio, o que nos deixou muito feliz com a atenção e a curiosidade da galerinha. Encantamento. Nós estávamos encantados com aqueles olhares atentos e as perguntas inteligentes. Saímos do palco, realizados com aquele encontro.

Parte maravilhosa: conheci várias leitoras, entreguei filipetas, tirei fotos, autografei livro…

No meio daquela alegria toda, uma surpresa foi a chegada da Paula Pimenta (@paulapim), autora da querida série Fazendo Meu Filme, no nosso estande. Conhecia a Paulinha da internet, das leitoras que falam tão bem dela. Sempre curti a capa do livro da autora, escutei falar bem da personagem Fani e li elogios para a escritora que ela é. E quando vi, lá estava a Paula prestigiando o Novas Letras na maior humildade, super gentil e simpática. Fico tão feliz quando vejo alguém que merece fazendo sucesso. A Paula é dessas escritoras pé no chão, focada no trabalho, preocupada com os leitores, animada com seu texto e feliz.

No meio da conversa, ela comentou como acha curioso eu ter escrito sobre uma vilã e como adora a Fani, personagem de Fazendo Meu Filme, não sabe se gostaria de um livro com uma personagem malvada igual a minha Mila. Expliquei do meu desejo de escrever uma protagonista vilã, mas ressaltei o carinho recebido das leitoras, mesmo que elas detestem a Mila. Sem vocês, meninas, me dando apoio, escrevendo, comentando, falando dos meus livros, realmente eu me sentiria em bad trip. Mas com vocês, a Mila perde a densidade, é apenas uma personagem que me fez conhecer muita gente querida. Também contei para a Paula sobre a protagonista do bem que vem por aí, em Garota Replay. A autora de Fazendo Meu Filme disse que curtiu o nome do meu livro novo. Aliás, meus amigos andam falando bem do novo título do meu livro. Eba, eba, eba!!!

Durante a conversa, falamos de tudo: livro, comunicação com leitores, Twitter, futuro, viagens… a Fernanda França (@fernandafranca) e a Paula acabaram falando sobre gatos. Vou acabar me rendendo e adotando um gatinho, com representantes tão apaixonadas pelos felinos. Pelo que entendi a Paula tem um gatinho. A Fê, se não estou enganada tem três gatos. Uma delas eu sou apaixonada, uma cinza que a Fernanda encontrou na rua, parece de pelúcia. Eu já tenho minha auau Maria Eduardinha, mas quando a vida acalmar, quem sabe adoto um miau?

O bacana dos eventos é também poder compartilhar esses momentos com amigos escritores. A Leila Rego (@leilarego) mostrou o novo brinde dela para as leitoras: réguas lindas. Fico feliz que todo mundo do meu grupo de escritores está encontrando seu caminho e conquistando leitores da maneira mais especial possível. A Leiloca merece tudo de bom. Aliás, li “Pobre Não Tem Sorte”. Achei a Mariana um pouco prima da Mila… e o texto da Leila é maravilhoso, leiam o livro porque vão se divertir muito! Sucesso, amiga!

Tem muita gente querida que conheci na Feira mas não sei o nome. A lindinha da @WeLoveJoeBr, não sei o nome dela, falou comigo no Twitter, avisando que tinha me conhecido em Poços. O lado mais positivo das viagens é que elas continuam depois, nos encontros na internet, nos recadinhos lindos recebidos.

Da galera do Novas Letras, Nosso assessor Bruno Borges (@brunoborges92) não viajou, mas ficou trabalhando no Rio e vendo várias surpresas para os leitores. Vem muita coisa boa por aí, pessoas! E a Patricia Barboza (patbarboza) não foi porque tem um contrato bacana e está fazendo vários eventos no Rio, representando lindamente o Novas Letras nas escolas cariocas. Mas sempre que pode, a Paty está com a gente.

Deu para notar como adorei participar da Flipocos, né? Quero agradecer a Gisele Ferreira e toda a sua equipe. A Feira estava linda, muita gente atenciosa nos recebeu e voltei para casa com gostinho de quero mais.

Nosso próximo evento é em BH, cidade da Paulinha Pimenta. O encontro com o Novas Letras será na Fnac do BH Shopping. Quem vai? Eu, Enderson Rafael, Fernanda França e Leila Rego estaremos lá! Todos convidados!!!

Novidade ótima!!! Esse mês o Novas Letras está fazendo 1 ano! Muito bom saber que meu grupo está cada dia mais forte, conquistando seu espaço e recebendo o carinho de vocês. Para comemorar e agradecer o apoio dos leitores, tem sorteio de todos os livros dos autores do grupo. Já pensou? Participe do sorteio na página oficial do grupo: www.portalnovasletras.com.br

Com amor. Tammy

09 de maio de 2011, segunda feira. Uma mãe me disse algo comovente: “Aprendi a ler com a minha filha”.

9 maio

 Quanta gente linda tenho tido a honra de encontrar!!!

Novas Letras feliz e reunido: Leila Rego, Fernanda França, Enderson Rafael, Euzinha e Patrícia Barboza! Bom demais estar com vocês nesse projeto lindo! (Bruno Borges, nosso assessor querido, estava como sempre por perto!)

Tudo muito emocionante! Minha vida anda uma linda correria. Tudo bem que a Maria Eduardinha, minha auau, teve uma crise, mordeu a própria caminha, aprontou com uma coelha de pano, se revoltou com as coisinhas dela, tudo porque reparou que não tenho passado tanto tempo em casa. Mesmo que não fique abandonada, tem gente cuidando da minha auau, ela não aceita bem minhas ausências e não está gostando nadinha dessa história de me dividir com leitores. Ah, se ela soubesse como a dona batalhou na vida… rs Acho que estamos nos adaptando com essa história de vida lá fora, de livros sendo vendidos em mais quantidade, com pessoas desconhecidas que me conhecem de maneira tão especial… E como as alegrias são muitas, essa semana recebi um recadinho da minha amiga Adriana Torres dizendo: “Oi menina! Quanto tempo! A vida está corrida como você sempre sonhou? Sempre penso em você como alguém que jamais desistiu dos seus sonhos. Alguém que batalhou duro e alcançou seu objetivo. Sou sua fã!!! Um beijo ENORME! Nana”. Nana acompanhou o começo disso tudo, há muitos anos atrás, sabe como eu queria trabalhar com cultura e ser feliz no teatro e nas histórias escritas.

Nos últimos dias, fiz três eventos bem especiais, com o meu amado Novas Letras (@novasletras) Nesse post, vou contar como foi autografar na FNAC do Morumbi Shopping e na Livraria Cultura de Campinas. Vou escrever essa semana sobre a Feira do Livro de Poços de Caldas (@flipocos) Mais uma vez, eu e meus amigos do Novas Letras fomos realizar esse sonho de morar dentro de um livro.

Na sexta, dia 29/04, aconteceu o evento na Fnac do Morumbi Shopping. É sempre maravilhoso chegar na livraria, sabendo que os leitores vão nos encontrar.

Assim que cheguei, encontrei a Amandinha (@AmandaAriela) que foi acompanhada da mãe Nancy. Que pessoas queridas! A Amanda disse que estava tremendo e eu posso garantir que escritor também sente friozinho na barriga quando encontra leitor. É sempre muito especial para ambos os lados. Depois, a dona do Blog A Garota do Casaco Roxo (http://agarotadocasacoroxo.wordpress.com/) me disse que a mãe dela foi trabalhar com o meu boton. Agradeço demais essa atenção e meu coração sorriu com esse carinho. 

Quem também conheci, assim que cheguei, foi o Luiz (@BlogLuGouveia) que chegou tímido, depois tomou coragem e já estava velho amigo do Novas Letras, assim como a Amandinha. O Luiz comentou comigo que queria me conhecer porque a linda Pri Beletato (@pribeletato) vive falando em mim. O Luiz, aliás, estava chique como correspondente do blog Viaje na Leitura (@viajenaleitura) e o texto dele foi publicado aqui: http://www.viajenaleitura.com.br/2011/05/encontro-literario-com-o-grupo-novas.html e no próprio Blog dele: http://luizgouveia.blogspot.com/ Luiz, amei suas palavras sobre o evento, você escreve muito bem!

Quem também conheci foi a Camila, do blog Leitora Compulsiva (@LeitCompulsiva). Senti firmeza na Camila, me pareceu muito centrada e uma grande apaixonada por livros, dessas pessoas lindas que querem o melhor para a literatura. Adorei conhecer a Camila, porque já tinha escutado falar muito do Blog http://leitoracompulsiva.wordpress.com/ 

A querida radialista Karina Andrade (@karinaandrade) da rádio 89 FM (http://www.89fm.com.br/contracapa89) foi nos ver com aquelas perguntas inteligentes no bolso. Me identifico muito com a Karina e acho que ela tem tudo a ver com a ousadia do Novas Letras. Depois, para minha alegria, a lindona colocou uma foto minha no Facebook com a legenda: “Tammy Luciano: outra DIVA que dita moda além da escrita!” Fico sempre muito feliz que vocês gostem também do meu visual. Acho que me reinvento entre livros e roupas. Estou me reencontrando nos livros que escrevo, nas pessoas que encontro, nas roupas que crio para os eventos… E por aí vamos nós, seguindo a vida e pensando no nosso caminho como algo que pode sim ser especial. Respondi para a Karina: “Que chique que tô! Adorei saber disso. Me identifico com seu visual, você sabe disso. A gente se diverte, se vestindo. Um pouco de figurino na vida para alegrar os passos não faz mal para ninguém, né? Obrigadaaaaaa!!! Bjinhos. Tammy”. 

Outros três parceiros do Novas Letras que foram nos ver foi a Claudinha Neves (@claudinhanevess), com o maridão Jorge e a filha Amanda. Adoro tanto vocês, esse carinho com o meu trabalho. Abri um sorrisão quando vi vocês chegando! Obrigada pelas ideias e força com o nosso grupo.

No evento de Campinas, outra que admiro e compareceu foi a Mari (@maridalchico), do Psychobooks (@psychobooks), que escreveu um texto lindo sobre o evento. A Mari é um doce de pessoa, você quer logo conversar. Adoro esse retorno de vocês depois nos post tão queridos. Além de especial, é um feedback ótimo para a gente: ttp://www.psychobooks.com.br/2011/05/encontro-novas-letras.html Fiquei vermelha só de pensar que a Mari me gravou, falando um poema e colocou no Youtube. Mas como quem está na chuva, deve fazer cena de cinema e girar com a água caindo no rosto. adorei! Aí estou eu falando uma poesia minha:  http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=TX2ky1bURWM Espero ver um livro meu no blog Psychobooks breve, a página é maravilhosa!!!

A assídua frequentadora dos nossos eventos também não faltou em Campinas, a Viviani H. Barini (@SerenityHime), do The Bookaholic Princess (http://www.thebookaholicprincess.com.br/). A Vivi foi com o seu pai que demonstrou o mesmo carinho que a filha tem pela literatura. Participou ativamente do evento, nos tratou com o maior carinho e foi muito bom imaginar que as famílias apoiam vocês em algo tão especial: ler e escrever sobre livros.

Outro dia, conversando com a querida @MaBlumer sobre nosso amor pelos livros, eu disse: “Livros sempre, para todos, para que nossas almas sejam ainda mais felizes e sorridentes!” O melhor foi dias depois poder encontrar a Maísa lá em Campinas. Ela estava acompanhada da família, foi super querida comigo, tiramos fotos, conversamos…

A sensação se repete: Parece que eu conheço vocês há muito tempo. 

Falando em família, uma mãe comentou comigo depois do evento de Campinas: Aprendi a ler com a minha filha. Foi comovente escutar isso, saber que de alguma forma os filhos são capazes de ensinar algo para os próprios pais. E ensinar algo tão especial como é essa educação de ler livros e conhecer novos mundos. 

Para encerrar de maneira muito querida, tem uma homenagem linda para as mães no blog da querida Jéssica (@jeh_asato). Fiquei feliz de poder falar da minha mãe e demonstrar como ela é fundamental na minha vida: http://meine-liege.com/?p=5581 O post ficou lindíssimo. Comentei com a Jéssica que minha mãe não curte muito internet, mas viu a página e adorou ver todas as gatas mães e suas filhas.

É. Eu estou me sentindo muito amada por vocês. Só posso agradecer muito, sempre que possível da maneira mais amorosa. 

Fico devendo as notícias da Feira de Poços de Caldas. Volto breve pra contar ainda essa semana, tá? 

Com amor. Tammy