19 de julho de 2010, segunda-feira. Um pouco sobre a rotina com as personagens…

19 jul

Cadu e Bruno fazendo mãozinha da Mila com a tia de bebelo novo!

Ninguém nunca me perguntou sobre as relações que eu crio com as personagens. Acho também que esse é o tipo de pensamento que só um escritor entende no todo. Porque personagem para quem escreve é quase alguém, ou é definitivamente alguém com prazo de validade.

Abro um parênteses e lembro quando escrevi Fernanda Vogel na Passarela da Vida, que não era uma personagem, mas uma garota de verdade. A missão de retratar os passos da modelo que morreu tragicamente era um enorme desafio, em que fui testada emocionalmente. Alguns me perguntavam porque eu não apareci mais com a imagem da Nanda. Durante todo esse tempo, pensei no quanto ela merecia meu respeito e não seria degrau para conquista de sucesso. O livro teria a atenção devida, sem que eu fizesse dele um escândalo. E a Nanda durante toda a minha escrita foi presente. Sinto como se tivesse escrito sobre uma amiga querida que viajou e está de férias em algum canto lindo do universo.

Aí decidi por conta própria, contrariando o conselho das pessoas, não aceitar convite para uma próxima biografia. Amei escrever a história da Nanda, mas queria realizar meu sonho de virar escritora de ficções. Lancei Novela de Poemas, um livro de poesias, que segundo alguns ia encalhar. Esgotou!

Aí pensei: quer saber, vou tentar lançar um romance. Eu já tinha um romance na gaveta, que continua lá até hoje, e resolvi que era hora de lançar meu terceiro livro do jeito que queria. Personagens nos encontram, nos comovem e nos pedem para escrever suas vidas. Na Bienal de 2005, enquanto meus dois livros eram divulgados na feira, comecei a pensar em algo novo e fui procurada pela Mila (personagem central de Sou Toda Errada) naquela semana… Mila invadiu minha vida de maneira radical, ficou andando atrás de mim pela casa, cobrando que eu vomitasse suas angústias, que mostrasse para as pessoas suas loucuras e vazios. Assim, decidi naquele ano escrever um livro em que a protagonista é uma vilã.

Essa semana, ao ser perguntada se eu daria outro final para Mila no http://www.formspring.me/tammyluciano, respondi: Ai, não sei dizer bem… Na verdade acho que passei o livro todo tentando convencê-la a mudar de ideia, mas ela realmente sabia o que queria e eu não fui capaz de fazê-la melhor e transformar o livro em uma história de amor. No livro, a protagonista é vilã, mesmo que eu não concorde com suas atitudes! Eu acho que eu queria um final com amor, mas a Mila mandou em mim e terminou como ela quis. Ela é terrível! Mas prometo que meu próximo livro é fofo! Porque uma mocinha invadiu meu pensamento e pediu que eu escrevesse sobre ela e está aqui na sala da minha casa, placidamente, me vendo escrever sua história.

Mila, aliás, foi embora no minuto em que escrevi *Fim* no livro e encaminhei para a editora. Nunca mais a vi desde então.. É essa a solidão dos escritores… O vazio que fica quando um personagem dá adeus. E eu fico solitária até que uma nova pessoa da ficção apareça na porta da minha casa e me emocione. Foi assim nos livros escritos, nas peças criadas, nos poemas com alma colocados no papel.

Agora estou eu aqui, bem acompanhada da minha nova protagonista que vocês ainda não conhecem, mas tenho certeza que vocês vão adorá-la. Ela começa o livro, de cara, vivendo uma crise enorme na vida pessoal. Com o passar dos capítulos, vocês vão ver que pessoa bacana ela é.

E termino o Blog de hoje, deixando o link do lindo banner feito pela Livraria Saraiva para o evento que vou participar dia 31/07! Queridos de Sampa, espero vocês! Reparem no texto do banner, nossa, ameiiii!!! http://www.twitpic.com/26u34z

Também quero deixar aqui o link da resenha da linda Gui Liaga para Sou Toda Errada. O início do texto, a maneira como ela comenta meu trabalho me emocionou muito. Obrigada, moça querida, pelas palavras!  Leiam, vocês vão gostar: http:www//guiliaga.com/123

Com amor. Tammy

Anúncios

2 Respostas to “19 de julho de 2010, segunda-feira. Um pouco sobre a rotina com as personagens…”

  1. Gui Liaga 19 de julho de 2010 às 9:52 pm #

    isso me fez pensar no que foi feito da Mila! Será q ela foi se tratar? ou continuou atrás do ex? hahahaha

    adoro seu trabalho, vc merece mt sucesso!

    =*

  2. Julliana Jujuba 19 de julho de 2010 às 10:05 pm #

    Tammy, eu amo seu trabalho. Olha, com vc aprendi a gostar de ler que eu nem tinha saco pra ler lendo seus e-mails nossa vc fala de mim sou toda errada é meulivo preferido junto com os da meg cabot. Te amo muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: